sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A vida começa… aos 40?

4273001023 de novembro de 2012. É hoje que eu entro nos 40. Apesar de totalmente convencionada socialmente como uma passagem, eu estou tão reflexiva hoje que certamente para mim está sendo isso mesmo.
Os meus 40 anos são resultado do que plantei nesses 39 anos anteriores. Claro. Uma adolescência da qual prefiro não me lembrar (alguém aqui gostava de ser adolescente?), cheia de complexos (magreza, timidez, etc etc etc), e alguns traumas que certamente moldaram meu caráter.
painel-43840017
Dizem que perto dos 20 chega-se à idade adulta. Eu tive a sorte de conhecer nessa época pessoas hiperespeciais na UnB, que são meus melhores amigos até hoje, e que era uma turma que gostava de uma farra (até hoje). E foi aos 20 que comecei a namorar o Bruno, e começaram nossas viagens, muitas maluquices e muitas farras com a turma, etc. Com 20 eu comecei a trabalhar, emprego público, tudo certinho. Com 20 anos me formei. Tudo ao mesmo tempo. Fui perdendo meus complexos de magreza e comecei a me aceitar, me gostar um pouco mais. 


DSC00452Aos 30, a maior emoção da minha vida ao me descobrir grávida, alguns dias antes de completar 31 anos. Aos 30 e poucos anos, descobri com o Léo e o Arthur que o amor é uma coisa imensa, que o nosso coração pode pulsar fora do corpo. A minha vida mudou completamente: agora ela fazia todo o sentido fora de mim. O foco saiu do "eu" e passou para "eles". É um aprendizado constante essa tal de maternidade.


IMG_1832Agora cheguei aos 40. Posso dizer que fisicamente estou numa das melhores fases da minha vida (sorte poder dizer isso aos 40). A corrida me trouxe desafios que tento superar com um pouquinho de disciplina e muita alegria (sem deixar que a corrida se torne para mim um fardo, ou uma obrigação). Trabalho num lugar que me satisfaz profissionalmente, com pessoas que adoro. Tenho muita disposição para viajar com o Bruno e meus filhos. Continuo amando meu marido depois de 19 anos juntos. Cultivo amigos de décadas, mas faço novas e importantes amizades sempre. Me apego a trabalhos voluntários que preenchem grande parte da minha existência. Busco valorizar minha espiritualidade tentando compreender melhor a doutrina espírita, “religião” que adotei há uns 10 anos. Minha ambição é uma só: ser feliz, contribuir para a felicidade dos outros e ver meus amigos e familiares felizes. Quem poderia querer mais?
05032011399DSC01634IMG_4807painel-10anos-331painel-160861painel-20120723_152602
IMG_0438

13 comentários:

Gilberto Lacerda Santos disse...

Parabéns! E boa quarentena! (É assim que se diz?)

Unknown disse...

Simples assim! Bonito assim! Emocionante assim! Assim é a vida! Bjo Lê

Ana Flor disse...

E agora eu estou aqui chorando no meu trabalho. Porque, Dri amada, você é uma pessoa especial pra caramba, de um raro tipo que sabe viver. Me emociono com a simplicidade das suas palavras, sua humildade diante da vida e ao mesmo tempo uma espécie de devoção às coisas que realmente são importantes. Você é um exemplo de sucesso pra mim, e isso não tem nada a ver com seu emprego ou com seu corpão aos 40. Tem a ver com sua autenticidade e sua coragem para ser você mesma e pra ser feliz desse jeitinho, sem tirar nem pôr. Você tem um blog chamado "Esquisita, eu?" que representa tudo isso.
E sabe qd eu chorei mais? Quando vi minha foto no post. Aaaaah amiga, nunca esquecerei de coisas simples que me marcaram demais, como aquele dia na sua casa qd fui te contar dos meus problemas de saúde, ou do documento assinado na separação (rs) ou de vc confiscando meu celular pra eu não atender quem eu não devia MESMO atender.
Amo ser sua amiga, amo você!!
Seja muito muito feliz, pq vc não merece menos do que isso.

Ana Flor disse...

E agora eu estou aqui chorando no meu trabalho. Porque, Dri amada, você é uma pessoa especial pra caramba, de um raro tipo que sabe viver. Me emociono com a simplicidade das suas palavras, sua humildade diante da vida e ao mesmo tempo uma espécie de devoção às coisas que realmente são importantes. Você é um exemplo de sucesso pra mim, e isso não tem nada a ver com seu emprego ou com seu corpão aos 40. Tem a ver com sua autenticidade e sua coragem para ser você mesma e pra ser feliz desse jeitinho, sem tirar nem pôr. Você tem um blog chamado "Esquisita, eu?" que representa tudo isso.
E sabe qd eu chorei mais? Quando vi minha foto no post. Aaaaah amiga, nunca esquecerei de coisas simples que me marcaram demais, como aquele dia na sua casa qd fui te contar dos meus problemas de saúde, ou do documento assinado na separação (rs) ou de vc confiscando meu celular pra eu não atender quem eu não devia MESMO atender.
Amo ser sua amiga, amo você!!
Seja muito muito feliz, pq vc não merece menos do que isso.

Adriane Lorenzon disse...

Yeaaaaaah! Parabéns, Drizinha!
Bem-vinda, bem-vinda!
Bjo grande

Dri disse...

Obrigada pelo carinho, galera.
E aninha vc me fez chorar. Te amo!
Dri

Dri disse...

Obrigada pelo carinho, galera.
E aninha vc me fez chorar. Te amo!
Dri

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

I seriously love your blog.. Great colors & theme. Did you build this site yourself?
Please reply back as I'm wanting to create my very own site and would like to find out where you got this from or exactly what the theme is called. Cheers!

My page ... radiosender

Dri disse...

Yes, I built it myself with blogger.
Hope you like it.
Adriana