domingo, 27 de dezembro de 2009

Natal Luz

Acabo de chegar de dez dias em Gramado, no Natal Luz. Sempre me falavam que aquela região era tudo de bom no Natal, mas eu custava a pensar em ir para lá em épocas que não fossem de frio. Pois bem, fomos agora com os meninos e tudo me surpreendeu. Primeiro, que a cidade realmente fica belíssima, iluminada com as luzes, emoldurada pelas hortênsias, que florescem em qualquer encosta nessa época.Natal em Gramado é emocionante. Primeiro, porque as ruas estão lindas. Tudo é um evento dedicado ao Natal. Perdi as contas de quantas vezes chorei ao ouvir canções natalinas, seja na belíssima árvore cantante, que acontece quase todos os dias na rua Coberta. Na Árvore Cantante, eles abrem as cadeiras somente para a terceira idade prestigiar. Os mais novos, que tratem de ficar em pé ao lado do palco (da árvore cantante), ou pagar 40 reais só para sentar nos bares da Rua Coberta. Aliás, tudo lá é dedicado aos idosos, eles têm passe livre em vários eventos e pagam meia em todos, quando crianças de 5 anos como Arthur pagam inteira. Fica um pouco caro demais para quem tem menos de 60 anos. Melhor para meus sogros, que foram conosco e aproveitaram as promoções para a terceira idade.
Também me emocionei no Nativitaten, uma superprodução que acontece no Lago Joaquina Rita Bier. No bilhete, já diz para não levar crianças pequenas por causa dos fogos, mas levamos e Léo chorou um pouco: são muitos fogos de artifício mesmo. Mas é um espetáculo belíssimo, com dança das águas (melhor ir de capa de chuva) e cantores líricos em palcos no centro do lago. Não custou barato para nossa família - 40 reais por cabeça: eu, Bruno e Arthur. Só faltava o Léo pagar, né?
Todos os dias, as 21h, essa árvore da foto abaixo, a maior, no centro da cidade começa a se iluminar e a sair neve (neve falsa, é claro, mas linda) por cima dela. Uma música linda nos prepara para a atração a seguir: todas as luzes da cidade se acendem. Belíssimo! O bom é que às 21h, ainda há um pouco de claridade do dia no céu. Adoro quando a noite demora a chegar.
Ah, o Grande Desfile de Natal. Me empolguei tanto, que parecia mais criança que os meninos com cada atração. O desfile acontece na avenida das Hortênsias, dura uns 45 minutos, e nos brinda com artistas vestidos de personagens do Natal e carros alegóricos simplesmente fantásticos! Quem quiser assistir sentado, paga 40 reais por cabeça (a 3ª idade paga a metade). Nós não quisemos pagar, chegamos uns 10 minutos antes do início e pegamos um lugar fantástico bem no comecinho. Deu pra ver tudo de pertinho e sem ninguém na frente. E tudo emoldurado por uma neblina que enchia ainda mais a cidade de magia (e frio). No final do desfile, todos podem desfilar pela rua, coberta de neve de espuma. Os adultos parecem crianças de tanta felicidade. É emocionante estar ali.
Também fomos a um teatrinho para crianças, que acontece no Palácio dos Festivais, que é o teatro/cinema onde ocorre o festival de Gramado. A Arca de Noel é bem bobinho, feito para crianças mesmo, e eu estava com tanto sono que dei uma boa cochilada. Mas as crianças riem e se divertem.
Bom, as dicas do Natal Luz ficam por aqui. A qualquer momento volto para dar dicas de outras atrações de Gramado e Canela.

2 comentários:

Bia disse...

Uau, um luxo!
Sempre ouvi falar que Gramado é bonita, e nesta época deve ser mesmo um espetáculo.
Nem preciso perguntar como foi o Natal de vocês, né?
Aquele abraco, Dri e Bruno :)

Flor disse...

Saudade da minha terra!!!
Dri, o post ficou o máximo!