terça-feira, 1 de julho de 2008

Cumuruxatiba


Pense numa cidadezinha com duas ruas... todas de terra. Pense num mar verde, caaalmo (apesar de a Sheila achar que é um 'mar revolto'), e quente. Uma piscina natural. Pense numas barracas de praia em que se pode dormir sob as castanheiras, sem ter que disputar sombra em guarda-sóis minúsculos. Uma praia em que não se disputa lugar para sentar, nem mesmo no Reveillon.
Essa é Cumuruxatiba, Cumuru para os íntimos, uma cidadezinha no litoral baiano, onde só se chega por estrada de terra. Já passei 3 reveillons em Cumuru, todos divertidíssimos, em que dividimos o aluguel de uma casinha simples, que chegava a ocupar umas 20 pessoas. Um lugar minúsculo, e o mais impressionante é que os restaurantes são 5 estrelas, todos com comida elaboradíssima, deliciosa, mas com preço acessível. E no dia seguinte à bebedeira, o bom é curtir um Volta à Vida, uma beberagem cura-ressaca, na praia. Êta vida boa...
Agora, com filhos, acho que deve ser um lugar muito bom de levar as crianças: não tem problema de mar revolto, não tem problema de carros nas ruas. Cumuru fica a 800 km ao sul de Salvador, depois de Porto Seguro. Dá para pegar um avião para lá e pagar transfer até Cumuru.

Um comentário:

Papai disse...

Ô coisa gostosa essa Cumuru...